Joana Darc Correa da Silva trabalha na companhia de limpeza urbana do Rio desde 2013. Hoje aos 41 anos, lembra que conseguir o emprego não foi fácil, mas se orgulha de nunca ter desistido desse sonho.

“Eu fiz o concurso em 2009, só que não me chamaram. Me chamaram depois de quatro anos. Meu sonho era trabalhar na Comlurb, sempre quis desde novinha, desde os meus 18 anos, e depois de 2013 me chamaram, e estou até hoje, mas eu amo trabalhar na Comlurb”, afirma.

Há mais de um ano, Joana está na linha de frente da pandemia de Covid-19.

Para Joana, as mulheres estão conquistando o mercado de trabalho e provando que são capazes de enfrentar qualquer desafio.

“Hoje em dia nós mulheres estamos ganhando o mundo, né? A gente está competindo juntinho com eles, ou até melhor né porque a gente vê mais o trabalho, a gente faz as coisas mais perfeitas. Mulher sempre consegue ver as coisas melhores”, explica Joana.

Dificuldades no caminho

Desafio não parece ser uma palavra solta na vida de Joana Darc. Há cinco anos, ela descobriu um câncer na parótida. Na época, marido abandonou a gari, mas Joana não ficou sozinha. Ela contou com a ajuda dos três filhos, principalmente da filha Juliana, que passou a estudar enfermagem para cuidar da mãe.

“Eu sempre quis ser da área da saúde, porém eu fiquei com mais vontade quando eu tive que ajudar a minha mãe sem ter nenhum conhecimento. Eu me sinto orgulhosa, porque não foi fácil, para mim, chegar até o final do curso. Pensei muitas vezes em desistir, mas eu consegui e me sinto muito orgulhosa de mim”, conta Juliana.

Joana superou a doença e encontrou um novo amor, que também é gari.

“Hoje em dia minha vida está bem melhor graças a Deus, porque eu tenho meu trabalho, dá para dar o estudo dos meus filhos, ajudar em casa, consegui concretizar e comprar uma casa graças a Deus. Por causa da minha mãe, minha vida hoje está 100% tão maravilhosa. Deus me ajudou, né. Fui curada, eu faço acompanhamento uma vez ao ano, mas graças a Deus, já estou 100%”, afirma Joana.

A gari é a prova de que o trabalho não é exclusivo dos homens não.

Gostou do conteúdo?
Lembre de deixar seu comentário

 

 

Saiba mais sobre ela em Band News
Para saber mais sobre mulheres liderando em outras áreas acesse UOL
Entenda a proposta da ONU para cargos liderados por mulheres em Galileu